Alô, alô, carnavalescos!

Beki Klabin

Milton Cunha tem um desejo: ver Beki Klabin, a locomotiva dos anos 1970, ser enredo de uma escola de samba. “Ela foi a primeira participante do Carnaval carioca a fazer o diálogo entre povão e alta sociedade. Beki era babado! Renderia um desfile belíssimo”, afirma o comentarista. Falecida há 18 anos após sofrer um aneurisma cerebral, a musa excêntrica amava desfilar na Portela.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *