Compasso de espera

Diante do impasse se terá ou não desfile das escolas de samba em fevereiro de 2021, devido à pandemia de covid-19, Alexis de Vaulx é categórico: “É precipitado falar sobre isso agora. Vamos aguardar a decisão da Liesa, em meados de setembro”. O organizador do camarote +Brasil, considerado o mais confortável da Marquês de Sapucaí, lembra que é importante ter tempo hábil para produzir o espetáculo e diz ser contra o adiamento para junho. “Seria difícil conseguir recursos e patrocínios para dois eventos, num intervalo de aproximadamente seis meses”, afirma. E acrescenta: “Qualquer que seja o plano, o mais importante é pensar na saúde do público e das pessoas que trabalham com o Carnaval”.

Foto: Edimar Luz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *