De olho em 2022

Eduardo Cunha concedeu à CNN Brasil, nesse domingo, 16, sua primeira entrevista de TV desde que foi preso cinco anos atrás. Entre diversos assuntos, o ex-presidente da Câmara criticou a forma como se deu sua prisão e a do ex-presidente Lula e também analisou a corrida presidencial de 2022. “Eu concordo que a prisão do Lula foi um absurdo, assim como a minha também o foi. Ele é vítima mesmo. (…) O Bolsonaro só ganha a eleição se enfrentar o Lula e o Lula só ganha a eleição se enfrentar o Bolsonaro. Se Bolsonaro enfrentar qualquer outro vai perder, se Lula enfrentar qualquer outro vai perder. Tem anti PT e anti-Bolsonaro. Por isso que os dois vão para o segundo turno. Nesse momento, o antibolsonarismo está maior”, afirmou.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *