Embróglio

Thor Batista compareceu ao Fórum de Duque de Caxias, na tarde de hoje, para prestar novo depoimento no processo em que é acusado de homicídio culposo (sem intenção)  por ter atropelado – e matado – o ciclista Wanderson Pereira dos Santos. À juíza Daniela Barbosa Assumpção ele afirmou ter prestado auxílio financeiro no valor de R$ 300 mil à família da vítima após a fatalidade.

Aparentando calma, Thor estava acompanhado de três advogados e da mãe, Luma de Oliveira. Agora, o processo passa para a etapa de alegações finais. Defesa e Ministério Público têm cinco dias para elaborar o documento. A sentença está prevista para sair até junho. Se condenado, ele pode pegar de dois a quatro anos de prisão.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *