Eterna memória

No próximo sábado, 25, amigos de Artur Xexéo vão prestar uma homenagem ao jornalista, escritor e dramaturgo, inaugurando uma placa com o nome dele no bairro Peixoto (dentro de Copacabana). O local é onde ele morou e citava de forma recorrente em suas crônicas. Eduardo Paes já confirmou presença. Xexéo morreu em junho, aos 69 anos, ao sofrer uma parada cardiorrespiratória durante o tratamento de um linfoma.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *