Quem paga a conta?

Moradores de Copacabana relatam que várias ruas do bairro amanheceram como se um furacão tivesse passado por lá, com muita sujeira e depredação (incluindo vidros de hotéis quebrados). Isso sem falar nos inúmeros roubos ocorridos e tumultos com pessoas feridas, conforme mostram vídeos que circulam em grupos de WhatsApp. Esse foi o resultado da desastrosa apresentação do Bloco da Favorita, nesse domingo, 12. Mas claro que a organizadora, Carol Sampaio, segue feliz e sorridente… Afinal, o que importa mesmo é fazer o bloco em Copacabana (custe o que custar) ao invés da região central, como manda o bom senso.

Foto: Reprodução

2 comentários

  1. Um caos! Uma sensação de delinquência total.
    Não de um bloco que deveria ser organizado e trazer alegria aos participantes.
    Isso virou utopia. Bloquinhos de rua já não podem mais existir dessa maneira. É um desconforto para os moradores do Local e um desrespeito com eles.
    É hora dos valores mudarem. Respeito, consideração, generosidade e amor ao próximo devem ser superiores a um Ego vaidoso.
    Fica a Dica.

  2. Mauricio Vilela disse:

    Acorda Crivella!! Acorda Riotur!! Acorda Carol Sampaio!! Bloco deste porte nunca mais em Copacabana!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *