Rasgando o verbo

Durante show no Viradão Carioca, na noite deste sábado, Daniela Mercury criticou o pastor homofóbico e racista Marco Feliciano. “Se tem algum diabo aqui, é ele!”, declarou. A cantora disse que é inadmissível a permanência do parlamentar na Presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. “Ele não me representa! Quem não respeita a Constituição, não pode estar no poder”, completou.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *