Sem mamata

João Doria, que assume o governo de São Paulo no dia 1º de janeiro, anunciou hoje que não usará o Palácio dos Bandeirantes como residência oficial. Além disso, desativará o uso do Palácio de Inverno de Campos de Jordão para autoridades. Segundo o tucano, o Bandeirantes “será a sede do trabalho”. A iniciativa não é inédita – José Serra, que governou o estado de 2007 a 2010, também optou por não morar no palácio.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *