Dança das cadeiras

Menos de 24 horas após a morte do acadêmico, jurista, sociólogo e escritor Helio Jaguaribe, aos 95 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos, a movimentação na Academia Brasileira de Letras, onde ele ocupava a cadeira n° 11, já começou. Ignácio de Loyola Brandão é o nome mais cotado para assumir o posto. O mineiro Silviano Santiago também está no páreo.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *