No limite

Os dois hospitais mais utilizados pelos paulistanos endinheirados, Albert Einstein e Sírio-Libanês, tiveram aumento na ocupação dos leitos exclusivos para covid-19 nos últimos dias. No caso do Einstein, desde o dia 24 de maio a instituição ampliou de 156 para 172 o número de leitos. Hoje, no entanto, 167 deles estão ocupados: 74 pacientes estão em UTI ou unidade semi-intensiva, 92 estão em apartamento e 29 em ventilação mecânica. Já o Sírio tem 178 pacientes internados com suspeita ou confirmação de covid-19, sendo que 63 estão na UTI. 97% do hospital está ocupado, sendo que outros 346 pacientes estão hospitalizados em decorrência de enfermidades diversas.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *