Novo normal

Dilema no Edifício Chopin: o que fazer – e como fazer – com as comemorações neste Réveillon? O síndico Nestor Rocha e o conselho do prédio vão bater o martelo nos próximos dias. Ao que tudo indica, a decisão será permitir pequenas festas, restritas a 10 ou 20 pessoas no máximo, considerando que os casos e as internações por covid-19 voltaram a subir. “Proibir totalmente não dá, mas imagino que ninguém vai querer fazer festa grande. Seria um risco para todos os outros moradores. O bom senso deverá prevalecer”, comenta um morador. Em tempos normais, algumas recepções na noite de 31 de dezembro chegavam a reunir até 200 pessoas em determinados apartamentos. Este é um dos destaques da coluna de hoje no Diário do Rio! Confira o conteúdo completo aqui.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *