Outra bola fora

Jair Bolsonaro não escreveu uma linha sequer em suas redes sociais (sua principal ferramenta de comunicação) para prestar condolências pela morte de João Gilberto, o pai da Bossa Nova, que faleceu nesse sábado, 6, aos 88 anos, de causas naturais. O presidente só comentou o assunto quando foi pressionado por jornalistas pessoalmente. Ainda assim, foi bem raso. “Uma pessoa conhecida. Nossos sentimentos à família, tá ok?”, disse. Em tempo: o velório do cantor e compositor será realizado amanhã, 8, das 9h às 14h, no Theatro Municipal do Rio, com previsão de abertura ao público. O enterro será no Cemitério Parque da Colina, em Niterói.

(Atualizada às 14h31)
Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *