Perda irreparável

Aos 82 anos, o jurista carioca Sylvio Capanema morreu na madrugada de hoje vítima da covid-19. Ele estava internado no Hospital Copa Star, em Copacabana, desde o começo de maio. Dono de um extenso currículo, Capanema fundou a Associação dos Advogados do Direito Imobiliário (ABAMI) e escreveu os livros “A Lei do inquilinato comentada”, “Da ação de despejo” e “Comentários ao Novo Código Civil”.

Foto: Reprodução

1 comentário

  1. Marcia Casares disse:

    Que lástima! Foi professor do meu filho, que muito o admirava!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *